quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

AOS QUERIDOS CANTORES



Carta aberta da compositora ANA TERRA

Sou uma compositora profissional como tantos neste país.  Nosso ofício é criar. É dele que tiramos nosso sustento para continuar abastecendo de canções o mercado de bens culturais e simbólicos que vão alimentar as almas e os corações dos que amam música.

Sem os maravilhosos cantores que interpretam nossas obras, elas são apenas obras sem divulgação.  Mas também sem a obra musical não existe cantor.

Por isso peço encarecidamente em meu nome, e de meus colegas compositores, a máxima atenção quando preencherem o repertório que vão utilizar em cada show. E o valor do contrato ou da bilheteria. Trata-se de uma distribuição direta, ou seja: não é por amostragem.

É em cima dessa lista e desses valores declarados que receberemos nosso percentual de pagamento. Vale o que está escrito.

Nem todos, mas muitos desconhecem esse mecanismo e deixam a cargo de terceiros desinformados esta função.

Por favor, não encarem nosso direito autoral como despesa que pode ser cortada ou diminuída. Agindo assim, somos nós que somos cortados e diminuídos.

Não acredito que nossos queridos cantores nos queiram mal.

9 comentários:

  1. É assim que o sustento dos compositores não vai pelo ralo.

    ResponderExcluir
  2. Perfeitas as suas observações, estimada compositora e artista!
    Estamos juntos nesta luta!
    Prossiga, não desanime nunca.
    Se puder, leia o artigo sobre o controle de nossas mentes por essa
    nociva "mídia"que quer sempre e a todo custo, controlar nossas mentes.

    ResponderExcluir
  3. Falou e disse grande compositora Ana Terra!Quero acreditar que tanto os cantores quanto os admiradores das músicas , os que estão ouvindo querem que essa distribuição seja o mais justa possível. Abraços guerreira e lindo ser humano. Maria Sena

    ResponderExcluir
  4. Fátima Oliveira4 de maio de 2013 12:44

    Ei Ana.

    Eu não vivo da música, mas a música é a minha vida. Amo você, suas composições e dou o meu apoio a tudo o que se relaciona aos direitos autorais, pois sei da injustiça que permeia essa área. Desde a imensa e eterna Elis que essa luta dos "tortos" autorais perdura. Ela se calou, a mais forte voz dessa luta, mas vocês jamais poderão se calar.
    Abraços e sucesso sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada,Murilo, Renato, Sena e Fátima, pelas palavras generosas.

      Grande abraço Ana

      Excluir
  5. Essa luta é de todos, e é fundamental. Sem compositor não há novas canções, não há renovação, não há crescimento da música popular brasileira.É fundamental a união de todos nessa luta para moralizar a distribuição dos direitos autorais, para dar o justo valor ao criador.

    ResponderExcluir
  6. Ana, vamos sim espalhar esta dica imprescindível.

    ResponderExcluir
  7. NOSSA ARTE ESTÁ NIVELADA TÃO POR BAIXO...
    HÁ EXCELENTES MÚSICOS, INTÉRPETRES ETC. PORÉM NÃO CONSEGUEM U MÍSERO ESPÇO PARA SE APRESENTAR.
    TEMOS QUE LUTAR MUITO, MAS, ASSIM É QUE CHEGAMOS LÁ. PARABÉNS, ANA TERRA !

    ResponderExcluir
  8. Nós, da platéia, que perdemos. Sem incentivo não há poesia, não há música de boa qualidade, não há show. Assim fechamos as cortinas.

    ResponderExcluir