segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Presa


Um comentário:

  1. Contundente e serena, gosto disto.
    E daquilo que vale a vóz ou a pena.
    Do tapa na cara no asno, no sonso
    Do sangue quente que tem a morena
    Da rima,do aroma, do suor, ardente
    Da irreversibilidade do poema.

    ResponderExcluir